(19) 3755.7900 | (19) 98976.2973
bompeso@bompeso.com.br
Av. Orozimbo Maia, 2205. Campinas/SP

Pesquisa por Marca ou Texto

 

Pesquisa por Ramo de Atividade

 

Projetos

Projetos

Projetamos sua cozinha industrial sob medida, do melhor jeito que você desejar.

Saiba mais
2Abr

O desafio da quarentena para bares e restaurantes

A chegada da pandemia provocada pelo coronavírus no Brasil obrigou estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes e padarias a fechar portas

A chegada da pandemia provocada pelo coronavírus no Brasil obrigou estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes e padarias a fechar portas ou, pelo menos, reinventar todo o modelo de negócio em poucos dias. A resposta que todos os empresários buscam é urgente e legítima: como salvar meu negócio em meio a todo caos causado pela quarentena?

Não é só no Brasil. O coronavírus já chegou a mais de 160 países e cerca de 40% da população mundial também está em isolamento. Será que é possível sobreviver aos próximos meses? A seguir, reunimos diversas dicas e exemplos de como estabelecimentos no Brasil e em outros países estão usando para driblar a crise e garantir algum faturamento.

 

Delivery: 

Com o isolamento, a maior parte dos estabelecimentos fechou suas portas, mas você pode adaptar seu negócio para atender pedidos por delivery. Se não tiver uma estrutura própria para entrega, utilize serviços de aplicativos como Rappi, IFood e Uber Eats. Se optar por fugir das taxas cobradas por esses serviços, você pode fazer uma parceria com uma empresa local ou até contratar um entregador autônomo. O segundo passo é divulgar para os clientes: valha-se de anúncios nas redes sociais, postagens, email marketing, malas diretas e até flyers, que podem ser entregues porta-a-porta. Muitos consumidores sabem que os negócios locais dependem deles e estão cientes da crise provocada pela quarentena, por isso, comunicar que seu negócio estará funcionando, como será a rotina de entregas e qual será o cardápio disponível é fundamental para que eles possam fazer seus pedidos. Vale também reforçar que seu estabelecimento seguirá os procedimentos de higiene rigorosamente. Para reforçar essa ideia, você pode enviar pequenos frascos de álcool gel junto com os pedidos, além de claro, orientar seus funcionários, especialmente entregadores, sobre como proceder para evitar contaminação e garantir que as orientações do Ministério da Saúde em relação à pandemia são seguidos à risca. 

Promoções:

Mais do que nunca, agradar o consumidor e fazer com que ele se sinta seguro para continuar comprando comida fora será imprescindível. Lembrando que muitos profissionais ainda correm o risco de serem demitidos e, por isso, podem resolver economizar. É normal que haja uma queda brusca no movimento habitual, mas é possível fazer com que seus clientes continuem comprando. Você pode, por exemplo, lançar mão de promoções como: dar descontos em pedidos, não cobrar taxa de entrega mediante um valor de pedido mínimo e até oferecer descontos em pedidos futuros. Assim, você aumenta as chances dos clientes repetirem o pedido com certa regularidade. Claro: pontualidade, qualidade e simpatia no atendimento são diferenciais que não custam nada e sempre agradam também!

E os funcionários?

A gente sabe que a situação não é fácil e não há, por enquanto, previsão de melhora. Por isso, muita gente anda com medo de ser demitida. Planeje o máximo que puder, faça as contas e, se possível, d^|e férias antes de optar por demitir pessoal. Há alguns projetos tramitando no Governo para ajudar empresários a pagar os salários dos funcionários e ainda pode ser cedo para tomar decisões como reduzir o quadro. Vale uma conversa honesta com a equipe, onde vocês podem discutir possíveis soluções juntos. Lembre-se: a crise atingirá a todos de alguma maneira e é hora de cooperar uns com os outros. 

Pense lá na frente:

Uma forma de conseguir faturar também pode ser através da venda de cupons-presente ou fechando promoções para grupos para serem utilizados no futuro. Por exemplo: você tem uma pizzaria e pode vender um rodízio para 10 pessoas por um valor promocional a ser utilizado pelos clientes a partir de 01/01/2021. Pode parecer uma ideia meio estranha, mas as vendas antecipadas são vantajosas para o empresário, que consegue uma entrada de caixa imediata para algo que será entregue lá na frente e também para o cliente, que consegue comprar por um valor menor do que pagaria normalmente.  

Por fim, vale usar a criatividade para não perder toda a freguesia. O momento é muito particular, mas também oferece uma oportunidade para nos reinventarmos e buscar novas soluções. Desejamos muita saúde a todos neste momento!

Princi Agência Web
Avenida Orosimbo Maia, 2.205 Bairro Cambuí. Campinas - SP. (19) 3755.7900 | (19) 98976.2973

BOMPESO - Equipamentos para Cozinhas Industriais. Todos os direitos reservados.