(19) 3755.7900
bompeso@bompeso.com.br
Av. Orozimbo Maia, 2205. Campinas/SP

Pesquisa por Marca ou Texto

 

Pesquisa por Ramo de Atividade

 

Projetos

Projetos

Projetamos sua cozinha industrial sob medida, do melhor jeito que você desejar.

Saiba mais
27Mar

Como aumentar o ticket médio do seu restaurante

O valor gasto pelo cliente num restaurante depende de muitos fatores, mas há alguns pequenos truques que podem fazer você vender mais.

O valor gasto pelo cliente num restaurante depende de muitos fatores, mas há alguns pequenos truques que podem fazer você vender mais.

Confira a seguir algumas de nossas dicas:

 

1.     Aumentando o mix: se você oferece almoço executivo, self service ou a la carte, pode fazer algumas promoções para que seu cliente acabe gastando um pouquinho mais. Bons exemplos são sobremesas a preços acessíveis, ou promoções do tipo “compre um prato e ganhe a sobremesa”. Outra maneira de fazer isso é criar combos que contemplem entrada, prato principal e sobremesa ou bebida. Alguns restaurantes oferecem ainda: cartas de vinhos, drinks, cafés, couvert e uma variedade de pequenas comodidades que não só agrgegam valor ao serviço mas fazem com que o cliente gaste mais.

2.     Invista na sua marca: é importante ficar em destaque para os clientes atuais e potenciais. Chamamos isso de criar “share of mind”, que nada mais é do que fazer com que os clientes se lembrem do seu estabelecimento e queiram visita-lo quando estiverem por perto ou numa ocasião especial, por exemplo. Por isso, divulgue muito bem novas promoções, faça cardápios com ingredientes sazonais, crie newsletters e incentive seus clientes a voltarem sempre.

3.     Mantenha contato: você pode ainda, enviar newsletters promocionais, descontos exclusivos, criar programas de fidelização em que os clientes mais assíduos ou com maior ticket médio sejam recompensados com benefícios. Acredite: se eles já gostam do seu estabelecimento, fica muito mais fácil trazê-los de volta com frequência.

4.     Crie incentivos: seus clientes comparecem apenas no almoço? Em datas especiais? Que tal criar incentivos para que eles também frequentem seu estabelecimento fora do horário habitual também? Converse, informe a ocorrência de promoções ou menus especiais em horários distintos e mantenha a casa sempre cheia!

5.     O cardápio: algumas pesquisas mostram que colocar o símbolo $ antes dos números pode fazer com que seu cliente tome mais consciência dos gastos envolvidos em comer fora e acabe ficando um pouco na defensiva. Por isso, tente usar somente os números no menu. Outra dica é colocar um item caro no início da lista, assim, ao percorrer os demais itens, o ciente vai ficando confortável ao concluir que há opções mais acessíveis. Outra dica é: use a descrição do prato como uma forma de fazer seus clientes ficarem com água na boca! Acredite: descrever texturas, ingredientes e modo de preparo pode deixa-los curiosos e ávidos por um prato. Imagine só: queijo gratinado e acompanhado de mandiocas cozidas e refogadas na tradicional manteiga de garrafa, com crocante de castanha de caju. Deu até fome, não é?!

6.     Pense no conforto: você já notou como lanchonetes de fast food possuem iluminação bem forte e geralmente a música de fundo é acelerada? Isso porque esses estabelecimentos querem manter o giro elevado, garantindo que os clientes sejam servidos rapidamente e deixem o estabelecimento em pouco tempo. Já os restaurantes “slow food” costumam ter iluminação indireta, música ao vivo, cadeiras bem confortáveis, ar condicionado e diversas comodidades que ajudam o cliente a se sentir confortável o suficiente para ficar ali por horas... e quem sabe comer mais, pedir uma segunda garrafa de vinho...

7.     Variedade de preços: alguns restaurantes podem ser estigmatizados como sendo muito caros. Por isso, é importante oferecer preços mais amigáveis e assim ser capaz de atender clientes com menor poder aquisitivo. Aliás, muitas vezes a intenção em colocar no menu pratos com preços exorbitantes é exatamente chamar a atenção para o “baratinho”, que acaba soando como uma grande barganha na cabeça do consumidor.

8.     Invista no serviço: por fim, não adianta acertar na decoração, na música, na iluminação e claro, na comida, se o serviço não for adequado. Invista no treinamento da equipe, certifique-se de que seus clientes são bem atendidos e orientados e cuide bastante daqueles clientes que se queixam por alguma razão: afinal, eles podem fazer propaganda negativa do seu restaurante.

 

Gostou dessas dicas? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das nossas ofertas e conteúdos exclusivos feitos para você!

Princi Agência Web
Avenida Orosimbo Maia, 2.205 Bairro Cambuí. Campinas - SP. (19) 3755.7900

BOMPESO - Equipamentos para Cozinhas Industriais. Todos os direitos reservados.